Arquitetura moderna nas montanhas do Japão

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - Obra
Cliente Sony tem 30 dias grátis no aplicativo Qello!
Compartilhe

A caminho de Takitani 滝谷, no Japão, saindo da cidade de Shibata (Província de Niigata), ao deixar a área urbana, somos recebidos com muito verde, numa estrada estreita entre vales e montanhas nada exploradas. É uma exuberante área de floresta nativa com ar muito puro. Uma paisagem linda, revigorante e desestressante.

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - verde e montanhas
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – verde e montanhas

Logo, encontramos um túnel perdido no meio do caminho. Pelo tamanho, lembra um túnel para trens, bem no meio da estradinha. É uma via única e o semáforo nos indica que podemos seguir. Um semáforo no meio das montanhas, quem ou quantos transitam por aqui?

A Viagem de Chihiro

Cliente Sony tem 30 dias grátis no aplicativo Qello!

Quem se lembrar do Anime “A Viagem de Chihiro” do premiado diretor de animação do Estúdio Ghibli, Hayao Miyazaki, vai rememorar a cena da Chihiro e seus pais adentrando um túnel escuro perdido no meio das montanhas, uma passagem para um outro mundo… vamos entrar, também?!

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - túnel entrada
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – túnel entrada

Ao acostumarmos com a breve escuridão, notamos que é um túnel aberto, construído com uma maciça estrutura de concreto, provavelmente capaz de suportar uma montanha de avalanche de rochas e terra. E, certamente, é este o propósito. Há quanto tempo foi construído e por quanto tempo ainda existirá? São questões que ressoam nosso pensamento. Se não fosse a lateral aberta, a vista se perderia num fundo cada vez mais escuro, um arrepio percorre a nuca, sussurros tomam formas… estruturas de um tempo passado, nos traz pensamentos sombrios… o que nos espera à sombra?!

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - dentro do túnel
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – dentro do túnel

Seguimos em frente, um caminho tranquilo, apreciando a fauna e a flora, pontes e podemos avistar o Rio Kaji. De repente, surge um paredão de concreto. Uma arte abstrata, com curvas e linhas retorcidas, lembram um tecido cinzento amarrotado, ainda assim com um certo ordenamento.

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - Obra
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – Obra

Não é ilusão, a linhas estão tortas mesmo, propositalmente. Trabalho de um artista, certamente, mas, por que bem no meio das montanhas? Criar um contraste urbano em meio a tanta natureza nativa, concretar sua superfície como se precisasse de uma veste moderna, fria, um toque de urbanidade?

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - Obra1
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – Obra1

É uma obra colossal, muito concreto e estrutura armada, acompanhando a curvatura da superfície da montanha, de cada depressão, cada fresta, sulcos e proeminências foram encapadas, cimentadas. Mais à frente, percebemos que a obra ainda está em criação.

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - Obra2
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – Obra2

Andaimes ancorados no paredão rochoso da montanha revela como o artista trabalha, moldando as formas para compor sua obra; embora não vejamos como cada quadro foi composto, podemos supor o uso de um molde flexível. Quantas pessoas estão trabalhando? Quanto tempo levaram…

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - Obra3
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – Obra3

Os andaimes são metálicos e lembram peças de montar, bem amarrados e sinalizados. No Japão, o trabalho é feito com seriedade e prevenção. Ainda assim, persiste a questão da obra em meio à natureza. Quem serão os visitantes?

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - Obra4
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – Obra4

Percebemos afinal, que são artistas no que fazem e é uma arte descomunal para evitar acidentes.

É o artista engenheiro ajudando a natureza. São contenções feitas nas paredes das montanhas rochosas para prevenir a queda de fragmentos, como pode ser visto no isolamento na foto abaixo.

E assim funciona o Japão. Trabalhando com prevenção, evitam-se incidentes de maior amplitude, mesmo numa região montanhosa e isolada como é esta estrada para Takitani.

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - contenção
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – contenção

Nossa viagem termina aqui, com a vista da Represa do Parque Kajikawa (Rio Kaji). Apreciamos suas águas em um cenário de natureza viva e integrada com as necessidades da sociedade humana.

Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - Represa do Parque Kajikawa
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – Represa do Parque Kajikawa
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão - Represa do Parque Kajikawa (Ken1 Yoshii)
Arquitetura moderna nas montanhas do Japão – Represa do Parque Kajikawa (Ken1 Yoshii)

Rio acima, ainda existe uma segunda represa (ou a primeira), e esta estrada simples, numa verdejante cadeia de montanhas serve justamente para o acesso às represas. Assim contidas, as águas do Rio Kaji servem para o consumo e para a geração de energia elétrica limpa.

Você já parou para pensar que o Japão, um país tão pequeno (equivalente ao Estado do Goiás) e ainda com 60% de sua área com montanhas, como faz a captação de água e de energia elétrica?

Uma arquitetura moderna no meio da floresta e montanhas, uma estrutura com finalidade preventiva tal qual os maciços de concreto do antigo túnel com semáforo. O Japão preservando o presente, pensando no bem estar futuro.

Integrando estruturas urbanas com a natureza, podemos conviver e preservar, uma simbiose essencial para um país insular como o Japão.

Saiba mais

Informações turísticas sobre o Japão – JNTO

Embaixada do Japão no Brasil [在ブラジル日本国大使館] – Brasília-DF