Pesquisa de Opinião Pública sobre a Imagem do Japão no Brasil – 2013

Links patrocinados
Compartilhe

O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão realizou uma pesquisa de opinião pública sobre a imagem do Japão no Brasil, encomendada à SENSUS Pesquisa & Consultoria, entrevistando 600 brasileiros com mais de 16 anos, em 53 municípios de 24 estados, entre 21 e 25 de fevereiro de 2013. Segue o resultado da pesquisa (Confiança=95%, margem de erro=±4,0%).

1. Relações entre o Japão e o Brasil

(1) Nesta pesquisa, 78% dos entrevistados respondeu que as relações entre o Japão e o Brasil são amistosas ou são amistosas até certo ponto, e 84% respondeu que a importância do Japão para o Brasil continuará a aumentar futuramente, ou pelo menos aumentará até certo ponto.

Outlet Oficial | Le Lis Blanc, John John, Dudalina, Rosa Chá e Bo.bô Com Até 80% OFF | Em Até 3x e Frete Grátis*

(2) A contribuição dos descendentes de japoneses para a sociedade brasileira obteve alta avaliação: 81% respondeu que os descendentes estão contribuindo, ou contribuindo até certo ponto. 77% acredita que a comunidade brasileira no Japão contribui, ou contribui até certo ponto, para o fortalecimento das relações entre as duas nações.

2. Interesse pelo Japão

(1) Para o Brasil, o Japão será o segundo país mais importante num futuro próximo (50%), atrás dos Estados Unidos (59%), e à frente da China (em 3º lugar, com 32%) (pergunta em que se permite múltiplas respostas). O Japão também está em quarto lugar entre os países com que os brasileiros mais se simpatizam (9%), atrás dos Estados Unidos (21%), Portugal (14%), e a Itália (10%).

(2) Sobre o que espera-se do Japão (resposta múltipla): transferência de ciência e tecnologia (42%), aumento das importações do Brasil (39%), geração de empregos através da instalação de fábricas (38%), investimentos (21%), exportações de produtos japoneses ao Brasil (21%).

(3) O Japão é o país mais apropriado para que o Brasil importe e introduza ciência e tecnologia (40%), superando os Estados Unidos (19%). Além disso, segundo a pesquisa, o Japão é o segundo melhor país estrangeiro para estudar (11%), atrás dos Estados Unidos (43%), superando o Reino Unido (9%), a França (7%) e a Alemanha (6%).

(4) 75% respondeu que tem simpatia ou tem simpatia até certo ponto pelo Japão. As razões para essa simpatia são: ser um país desenvolvido (56%), ter produtos de qualidade (30%), sua história e cultura tradicional (29%), e sua contribuição para o desenvolvimento do Brasil (21%) (pergunta em que se permite múltiplas respostas).

(5) Áreas ou temas de interesse (resposta múltipla) são: ciência e tecnologia (53%), artes marciais (33%), arquitetura e jardim japonês (32%), culinária japonesa (26%) e cultura tradicional (23%).

(6) 23% respondeu que não tem nenhuma simpatia ou não tem muita simpatia pelo Japão. Os motivos (resposta múltipla) são: o desconhecimento sobre o Japão (10%), diferença cultural (7%) e a distância geográfica (7%).

3. Imagem dos japoneses e dos descendentes japoneses

(1) A imagem dos japoneses: são dedicados e eficientes (20%), são calculistas (17%), são coletivistas e fechados (16%), são educados e gentis (10%), são honestos (9%), são confiáveis (8%) (entre as imagens positivas e negativas).

(2) No entanto, a imagem dos descendentes de japoneses é primordialmente positiva: são dedicados e eficientes (17%), são educados e gentis (16%), são honestos, e cumprem os compromissos (16%).

4. As iniciativas japonesas para questões globais

Entre as iniciativas japonesas (resposta múltipla), a preservação do meio ambiente (42%), a construção de uma sociedade sustentável (32%) e o esforço à prevenção de desastres naturais (31%) são os temas que são mais reconhecidos no Brasil.

Nota: Esta é a 4ª pesquisa de opinião pública sobre a imagem do Japão no Brasil. A pesquisa anterior foi feita em janeiro de 2008.

Saiba mais

Embaixada do Japão no Brasil [在ブラジル日本国大使館] – Brasília-DF