Rio de Janeiro ganha museu da imigração japonesa

Rio de Janeiro ganha museu da imigração japonesa Por Teruko Okagawa Monteiro
Links patrocinados
Criação, hospedagem e manutenção de sites responsivos - NIPPO Soluções
Compartilhe

Por Teruko Okagawa Monteiro

O Museu Histórico da Imigração Japonesa – Rio de Janeiro foi inaugurado em 15 de dezembro de 2018 na Associação Nikkei do Rio de Janeiro, Rua Cosme Velho, 1166, integrando os eventos comemorativos dos 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil-Rio de Janeiro. Minoru Matsuura, presidente da Comissão Organizadora dos 110 anos, e Takashi Mori, presidente da Renmei – Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira do Estado do Rio de Janeiro, fizeram suas saudações. Akiyoshi Shikada – falecido e admirado presidente da Renmei, que sempre sonhara pela existência do museu – foi lembrado com carinho, emocionando a esposa Sanae Shikada, filha Lenise e neta Amanda Mayumi.

Rio de Janeiro ganha museu da imigração japonesa Por Teruko Okagawa Monteiro

Sakurá e azulejos antigos no prédio de 1937.

Links patrocinados

Takashi Mori conclamou 3 brindes, respondidos calorosamente por personalidades e representantes de cidades fluminenses. Minoru Matsuura desatou a fita inaugural junto ao cônsul-geral adjunto no Rio de Janeiro, Ken Kondo.

O Imin Shiryoukan enaltece o trabalho fecundo dos imigrantes, que batalharam no Estado do Rio de Janeiro. A designer Mary Paz, da empresa Vertente, encontrou solução plástica para sínteses históricas, utensílios, fotos pesquisados pela Comissão dos 110 Imin/Rio: o museu, condensado e ilustrativo, encanta pela beleza e conteúdo. Registros comprovam que o estado do Rio de Janeiro recebeu pioneiros anteriores aos imigrantes do navio Kasato Maru e, de forma atípica, que o diferencia de outros locais de imigração do Brasil.

Rio de Janeiro ganha museu da imigração japonesa Por Teruko Okagawa Monteiro
Rio de Janeiro ganha museu da imigração japonesa Por Teruko Okagawa Monteiro

O museu virtual, em desenvolvimento, já tem páginas que podem ser apreciadas em mhijrio.com.br. O internauta poderá acessar materiais exclusivos, que estão localizados em outras cidades do estado do Rio de Janeiro, e assim enriquecer a cultura e os conhecimentos de suas origens. Pede-se, a quem queira acrescentar peças e conhecimentos ao museu, entrar em contato através do site.

Texto e fotos de Teruko Okagawa Monteiro

岡川・モンテイロ・照子

Departamento Cultural da Associação Nikkei do Rio de Janeiro

Saiba mais

Associação Nikkei do Rio de Janeiro – Rio Nikkei – Rio de Janeiro-RJ