Programação Festival de Filme Japonês 2019 – Manaus-AM

Festival Filme Japonês 2019 Manaus-AM Imin 90 Anos Japão Amazônia
Links patrocinados
Compartilhe

Voltar para Festival de Filme Japonês 2019 – Manaus-AM

Programação

Dia 16/09, segunda-feira

  • 19h – Saiki Kusuo no Psi-nan (comédia, sobrenatural, 97 min. Direção Yuichi Fukuda, com Kento Yamazaki) – O filme comédia da vida escolar dirigido por Yuichi Fukuda, o diretor mais popular de “Gintama” e “Hentai Kamen”. Kusuo Saiki (Kento Yamazaki) vive a sua vida de estudante do ensino médio, ocultando os seus diversos poderes psíquicos como telepatia, psicocinese, clarividência, entre outros, que possui desde que nasceu. Ele apenas queria passar sossegadamente o festival cultural que ocorre anualmente na escola. No entanto, seus colegas de turma com ficha suja começam a implicar com ele, dando início a uma sequência de desastres. O que era para ser somente um festival de cultura vai se tornando um risco de destruição do planeta, envolvendo Saiki. Poderá ele superar o maior perigo da história?
  • 21h15 – Teiichi – Battle of Supreme High (Comédia, Escola, Jovens, 118 min. Direção Akira Nagai, com Masaki Duda, Shinei Nomura e Ryoma Takeuchi) – O filme foi feito pelo diretor Akira Nagai de “Sekai kara neko ga keetanara” (Se gatos desaparecessem do mundo), inspirado no mangá pela cartunista, Usamaru Furuya. Descreve a luta pelo poder dos estudantes de ensino médio para a eleição do conselho estudantil. Teiichi (Masaki Suda) ingressa no Colégio Kaitei, uma das mais prestigiadas escolas do Japão com poderosa conexão no mundo político-financeiro e que garante um brilhante futuro político para seus alunos. Almejando eleger-se presidente do seu conselho estudantil, cuja eleição ocorreria dali a dois anos, Teiichi começa a engajar-se na campanha antes de qualquer outro. No entanto, provações que jamais imaginara o aguardam…

Dia 17/09, terça-feira

Links patrocinados

  • 19h – Seto e Utsumi (Comédia, Escola, Cotidiano, 75 min. Direção de Tatsuhi Oomori, com Sosuke Ikematsu e Massaki Suda) – Filme originado de mangá de sucesso que se desenvolve em torno do diálogo singular entre dois estudantes de ensino médio da região de Kansai do Japão, estrelado por Sosuke Ikematsu e Massaki Suda, dirigido pelo diretor Tatsushi Omori, o ganhador do Prêmio Especial do Júri no 35º Festival Internacional de Cinema de Moscou com o filme “Sayonara Keikoku”. Passar o tempo à margem do rio, jogando conversa fora depois da aula é a rotina de Utsumi (Ikematsu) e Seto (Suda). Os dois ora se divertem com jogos de palavras, ora sofrem com conteúdo de e-mails destinado a garotas e, às vezes, compartilham também problemas sérios conversando longamente os assuntos que parecem não ter conteúdo.
  • 21h15 – Inuyashiki (Drama, Sci-Fi, Suspense, 127 min. Direção Shinsuke Sato, com Noritake Kinashi, Takeru Sato e Kanata Hongoo) – O filme foi feito originado de uma série de mangá de ficção científica escrita e ilustrada por Hiroya Oku, se tornou filme em seguida de programa da animação na TV. Filme de combate entre um homem de meia idade e um estudante de ensino médio, ambos com corpos regenerados em robô, com seus dilemas internos. Inuyashiki (Noritake Kinashi), pacato assalariado no início da terceira idade, um dia envolve-se num misterioso acidente. Quando recobra a consciência, está transformado num ciborgue. Com os superpoderes que adquiriu, Inuyashiki decide usar os mesmos para ajudar pessoas. Entretanto, Shishigami (Takeru Sato), um outro jovem envolvido no mesmo acidente, começa a utilizar os poderes que obteve para assassinatos em massa.

Dia 18/09, quarta-feira

  • 19h – Crayon Shinchan (Animação, Comédia, Época, Família, 96 min. Direção Keiichi Hara, com Akiko Fujima, Miki Narahashi, Keiji Fujiwara e Satomi Koorogi) – Crayon Shin-chan é uma série de mangá escrita por Yoshito Usui. Sua adaptação em animê iniciou-se em 1992, na TV Asahi, onde foi exibido por mais de 15 anos, sendo considerada uma das séries de animação mais longas do mundo, com mais de 800 programas (aproximadamente 2.000 episódios), recebendo a maior audiência no Japão. O filme conta o dia em que Shin-chan tem um sonho com uma bela moça e, de repente, encontra-se no Ano II da Era Tensho (1574) salvando o samurai Matabei. Em agradecimento, o samurai o convida a ir ao Castelo Kasuga, onde Shin-chan encontra-se com a moça do sonho…
  • 21h15 – Ninguém para cuidar de mim (Drama, 118 min. Direção Ryoichi Kimizuka, com Kouichi Sato e Mirai Shida) – Um drama que retrata os medos de uma sociedade moderna e descreve o sofrimento da família de um jovem criminoso e os conflitos do detetive ordenado para protegê-la. A família Funamura é alvo da atenção da mídia depois que seu fllho mais velho comete um assassinato. Além disso, cada movimento do detetive Katsuura para proteger a filha desorientada da família, Saori, será totalmente exposto na internet. Em um jogo mortal de esconde-esconde, Katsuura e Saori são eventualmente libertados das tentativas mal-intencionadas de internautas. Filme de “Melhor Roteiro” no Festival Mundial de Montreal 2008.

Dia 19/09, quinta-feira

  • 19h – Gaijin – Ama-me Como Sou (Drama, 130 min. Direção Tizuka Yamazaki, com Tamlyn Tomita, Jorge Perugorria, Nobu McCarthy e Kyoko Tsukamoto) – Em 1908, a jovem Titoe viaja do Japão para o Brasil com uma promessa: enriquecer e voltar em cinco anos. Mas a realidade é de poucas esperanças. Mesmo assim Titoe se adapta e seu espírito empreendedor marca a vida e o destino de suas descendentes: Shinobu, Maria e Yoko. A primeira, ao contrário da mãe, Titoe, se agarra aos costumes japoneses e não aceita o casamento da filha, Maria, com Gabriel, um gaijin (estrangeiro). Este está prestes a fechar um grande negócio quando o confisco do governo Collor os deixa na miséria. Shinobu decide então ajudar a família da filha fazendo o caminho contrário e segue para o Japão. Sem alternativa de sobrevivência. Gabriel vai atrás. Mas, em 1995, quando a cidade de Kobe é devastada por um terremoto, Gabriel é dado como desaparecido. Inconformada com a notícia. Yoko convence a mãe, Maria, a irem procurá-lo. As duas sofrem para se adaptar na terra em que pensavam ser sua, pois os japoneses as tratam como estrangeiras. Mas persistem, dispostas a recomeçar uma vida melhor e cumprir a promessa de Titoe.
  • 21h15 – Palestra com a diretora Tizuka Yamazaki

Dia 20/09, sexta-feira

  • 19h – Swing Girls (Comédia, Escola, Cotidiano, 105 min. Direção Shinobu Yaguchi, com Jyuri Ueno, Shihori Kanjiya, Yurika Motokariya, Yukari Toyoshima e Yuuta Hiraoka – Um grupo de uma escola secundária em Yamagata, norte do Japão, que fica em recuperação em matemática no verão, buscam como todo adolescente, algo interessante para passar o tempo. A história começa quando Tomoko tenta convencer as amigas a fazer coisas diferentes, em um dia que a banda instrumental da escola ia se apresentar em um jogo de baseball e acaba conhecendo Takuo, um componente da banda que planeja sair da banda para compor uma nova banda instrumental. Tomoko e suas amigas resolvem ajudar Takuo com a nova banda e fogem das aulas de matemática o verão inteiro. Não há mais nenhum membro para formar a banda. Takuo decide criar então um grande grupo de swing. As meninas estão mais interessadas na diversão do que realmente em praticar. Com a ajuda de Takuo, Tomoko consegue envolver as demais meninas. Então começam a praticar e aos poucos começam a tocar. The Swing Girls (e um menino) nasce.
  • 21h15 – Um conto sobre culinária samurai (Drama, Comédia, época, 121 min. Direção Yuzo Asahara, com Aya Ueno, Kengo Kora, Toshiyuki Nishida e Kimiko Yo) – Dennai Funaki criou a base da culinária do Clã Kaga no período Edo quando preparava as refeições dos nobres como samurai-cozinheiro. O filme apresenta as refeições preparadas de acordo com o livro de receitas da família Funaki. “Ryori Mugonsho”, e o funcionamento das cozinhas das famílias dos samurais da época. A criada Haru é uma cozinheira de mão cheia, mas com um espírito forte, o que leva a se divorciar de seu marido depois de um ano. Ela é convidada pelo samurai-cozinheiro Dennai, a se casar com o seu filho e herdeiro Yasunobu e ajudá-lo na sua falta de habilidade culinária.

Dia 21/09, sábado

  • 19h – POP in Q (Animação, Fantasia, Aventura, 95 min. Direção Naoki Miyahara, com Asanmi Seto, Shiori Izawa, Atsumi Tanezaki, Ari Ozawa e Tomoyo Kurosawa) – Dirigido por Naoki Miyahara, o mesmo diretor da série “Pretty Cure”, este anime foi criado para comemorar os 60 anos da Toei Animation. Isumi, aluna do terceiro ano do ensino médio, acha na praia o “Fragmento do Tempo”. Ao pegá-lo, surge diante de seus olhos um mundo jamais visto e inesperadamente, encontra criaturas misteriosas chamadas Pokon. Ao saber por elas que o mundo corre risco de ser destruído. Isumi junto com quatro garotas que conhece nesse local, tenta evitar o perigo, mas…
  • 21h15 – Thermae Romae (Comédia, 108 min. Direção Hideki Takeuchi, com Hiroshi Abe, Aya Ueno, Kazuki Kitamura e Riki Takeuchi) – Uma adaptação do famoso mangá de Man Yamazaki, premiado com o Cartoon Grand Prize 2010 e com o Tezuka Osamu Cultural Prize for Best Short Work. Hiroshi Abe e o elenco de rostos bem marcantes se entregam aos seus papéis de cidadãos da Roma Antiga. Outro destaque é o enorme set de filmagem construído no Cinecitta, o maior estúdio cinematográfico da Itália. Lucius (Abe), um arquiteto de termas do Império Romano, acidentalmente viaja através do tempo e acaba num banho público no Japão moderno. Ele volta a Roma levando alguns elementos da cultura japonesa que conheceu por lá, fazendo um grande sucesso, o que leva o Imperador a ordenar uma construção de um enorme complexo termal.

Dia 22/09, domingo

  • 19h – Thermae Romae (Comédia, 108 min. Direção Hideki Takeuchi, com Hiroshi Abe, Aya Ueno, Kazuki Kitamura e Riki Takeuchi) – vide acima.
  • 21h15 – As Garotas Shodô (Drama, Comédia, 120 min. Direção Ryuichi Inomata, com Riko Narumi, Rio Yamashita, Nanami Sakuraba e Mitsuki Takahata – Baseada em fatos reais, a história aborda os sentimentos de estudantes de ensino médio que participarão do Campeonato de Perfomance de Shodo. Satoko Hayakawa é filha de um mestre em caligrafia e presidente de um grupo de caligrafia que está para se desfazer por falta de harmonia entre os participantes. Um novo professor introduz aos membros do grupo uma apresentação performática, escrevendo ao som de música. A partir daí, Kiyomi, outra integrante do grupo, tem a ideia de fazer uma performance para a abertura da nova loja de papelaria de sua família, e contará com a ajuda de Satoko.

Saiba mais

Festival de Filme Japonês 2019 – Manaus-AM